MyFunCity: A rede social que avalia a qualidade dos serviços públicos

A mobilização online é uma grande ferramenta para mudanças, como comentamos aqui. Quando muitas vozes (mesmo que virtuais) entram em sintonia fica bem mais fácil mostrar o que está errado, principalmente com a ajuda das redes sociais para espalhar a ideia. Juntando a força das redes com o engajamento social, nasceu o aplicativo MyFunCity – Cidades Sustentáveis, onde os usuários trocam informações sobre o transporte público, postos de saúde e outros serviços básicos de suas cidades.

Considerada a primeira rede social privada de interesse público do Brasil, a plataforma oferece espaço para os usuários avaliarem as condições dos serviços públicos urbanos, dando notas e opiniões. No total são 12 indicadores de avaliação, relacionados com as áreas de transporte, segurança, meio ambiente, bem-estar, saúde e educação. Cada um dos indicadores é classificado pelo usuário numa escala de 0 a 10, ao fazer o check-in em determinado local. Simultaneamente, dados, fotos e opiniões são armazenados no aplicativo e podem ser acessados pelos demais participantes da rede social, além de ter integração total com Facebook, Orkut e Twitter.

Para o presidente do MyFunCity, Mauro Motoryn, as redes sociais ampliam o poder de cada cidadão de colaborar com a transformação da sua cidade. “A internet tem um poder transformacional para as grandes e pequenas causas, pois conecta milhares de cidadãos que compartilham opiniões e sugestões e que querem contribuir eficazmente para mudar a cidade onde moram”, afirma. “Depois do Brasil, o MyFunCity será lançado nos Estados Unidos e na Europa. Em todos os países, a ferramenta conta com o apoio do Facebook”, complementa Motoryn.

A ideia dos criadores é disponibilizar um novo canal de amizade e engajamento social dentro da Internet, para que as reclamações cheguem até os líderes políticos. Para isso, o MyFunCity deve formar uma grande rede de colaboração coletiva, com estimativa de 10 milhões de usuários no Brasil no primeiro semestre de 2012, e 50 milhões de usuários em todo o mundo.

A principal característica da nova rede social é que serão gerados relatórios de dados diferenciados para cada região, seja no Brasil ou em outras cidades no exterior que tenham suporte do Google Maps. O usuário pode conferir as avaliações em um raio de um quilômetro da região em que se encontra através de um celular com GPS ou então acessar as informações sobre qualquer outra localidade do mundo via web.

Parcerias para mudar

No país, a plataforma já conta com o apoio de mais de 700 entidades, por meio da Rede Nossa São Paulo, Rede Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis, Cidade Escola Aprendiz, Catraca Livre e Museu da Pessoa.

A Rede Nossa São Paulo, por exemplo, vai utilizar os dados do MyFunCity para mensurar  necessidades em regiões específicas do território nacional e passá-las a gestores públicos, imprensa e sociedade em geral. O objetivo é direcionar as sugestões e reclamações para agentes que transformem o ambiente urbano de maneira sustentável.

O aplicativo é gratuito e pode ser baixado diretamente pelo iPhone ou iPad, na Apple Store, ou através do site myfuncity.org.

Afinal, o poder está na ponta dos seus dedos:

Fonte: Ciclo Vivo