Citigroup vai investir em infraestrutura no Rio de Janeiro


A capital fluminense está passando por uma série mudanças. (Foto: Cidade Olímpica/RJ)

Com mega-eventos em vista e muitas obras em curso, o Rio de Janeiro está na mira dos grandes investimentos. Nesta quinta-feira (1/12) o governador Sérgio Cabral anunciou que o Citigroup investirá, por meio de Parcerias Público-Privadas (PPPs), em obras de infraestrutura pelo estado. O anúncio foi feito após reunião com o presidente mundial do banco, Vikram Pandit, na sede da instituição, em Nova York.

“O presidente do Citigroup se dispôs a ser parceiro do nosso governo nas PPPs que vamos fazer no estado. Ele conhece a nova lei aprovada na Assembleia Legislativa do Rio, pela qual nós vamos investir R$ 1 bilhão por ano em infraestrutura e, vendo a performance fiscal do nosso governo, declarou-se interessado em financiar essas PPPs. Serão várias obras, como hospitais, sobretudo na Baixada Fluminense e na Zona Oeste, colégios de ensino médio em áreas carentes, novos presídios e reforma e construção de estradas. Enfim, temos um novo universo de investimentos com essa lei. E é muito interessante perceber como o Governo do Estado está sendo visto por um banco da dimensão internacional do Citibank. Isso mostra a credibilidade que têm hoje as finanças públicas do Rio de Janeiro”, disse Cabral.

Além do encontro com o banco, o governador se reuniu com o prefeito da cidade de Nova York, Michael Bloomberg, com quem trocou informações sobre segurança pública, saúde, transportes, educação e turismo. Cabral aproveitou para fazer o convite para Bloomberg participar do Rio +20, conferência mundial de desenvolvimento sustentável que acontece em junho do próximo ano.

“Eu fiz questão de convidar o prefeito Michael Bloomberg para estar presente na Rio + 20. Ele é presidente da C40, uma organização que reúne as 40 maiores cidades do mundo e que debate o desenvolvimento sustentável e é muito importante que este grupo esteja presente na Rio +20, por intermédio do seu presidente”, anunciou o governador.

Fonte: Governo do Rio de Janeiro