Fragmentos de bicicletas inspiram esculturas de corpos humanos

Post originalmente publicado por  , no TheCityFix.com em 04 de novembro de 2011.

 

 

Yeong-Deok Seo, um escultor ambientalista de Seoul, Coreia, criou uma série de esculturas de figuras humanas com correntes de bicicletas. Tcheon-Nahm Park, curador do Museu de Arte Sungkok, onde foi exposto o trabalho de Seo, descreve a mensagem do artista como uma sátira que retrata a realidade social na qual está inserido e ao mesmo tempo quer criticar. “Ele escolhe a corrente para descrever como o fenômeno e a realidade estão entrelaçados e se contorcem para sobreviver e suportar um ao outro”, descreve Park em uma entrevista para road.cc. “Fragmentos de correntes são fixados com pinos. Eles estão conectados de dois em dois, dividindo um pino. Os fragmentos, sempre em movimento, nos contam várias histórias através de expressões vívidas e brilhos diferentes, dependendo do ângulo em que a luz incide nesses fragmentos”.

 

 

Quer ver mais imagens da obra? Visite o blog de Yeon-Deok Seo ou veja mais imagens aqui.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Cecicsilva

    Adorei! Nada de lixo desperdiçado…o negócio é produzir arte com as sucatas que puderem ser aproveitadas. Qualquer material tá valendo! Parabéns Yeong-Deok Seo!