Fórum debate mobilidade sustentável nas cidades brasileiras

Rio de Janeiro está se preparando para se tornar capital da bicicleta na América Latina (Foto: Dylan Passmore)

por Mobilize Brasil

A capital brasileira com a maior extensão de ciclovias é o Rio de Janeiro, com 240 km. Mas o Rio está bem atrás de outras cidades mundiais, como Berlim (775 km), Nova York (675 km), Amsterdã (400 km), Paris (394 km), Copenhague (350 km) e Bogotá, na vizinha Colômbia, com 359 km de vias dedicadas às “magrelas”.

Informações como esta sobre ciclovias, calçadas acessíveis, redes de metrô e trens, corredores de ônibus e outros modos de transporte urbano serão apresentadas e debatidas durante o 1º Fórum Mobilize – Os Desafios da Mobilidade Sustentável nas Cidades Brasileiras, que será realizado no próximo dia 4 de novembro, às 19h30, na Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP), em São Paulo, por iniciativa do Mobilize Brasil.

Aberto a especialistas e interessados no tema, o fórum pretende reunir informações e experiências sobre mobilidade urbana sustentável. A participação é gratuita e as vagas são limitadas. O objetivo é estimular as autoridades brasileiras a adotarem sistemas de transporte público integrado, com acessibilidade universal, menor impacto para o ambiente urbano e tarifas adequadas à população do país.

Para debater o assunto, o Fórum contará com a participação do engenheiro Eduardo Vasconcellos, da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP); do arquiteto urbanista Kazuo Nakano (Instituto Polis); da cicloativista Renata Falzoni, e do jornalista Marcos de Sousa. A mediação será feita pelo economista e jornalista Thiago Guimarães, especialista em planejamento urbano.

O Fórum Mobilize é uma realização do portal Mobilize Brasil, da FGV/SP e da Mandarim Comunicação, com apoio da Ernst &Young Terco e do Iclei (Governos Locais pela Sustentabilidade).

Serviço

1º Fórum Mobilize
Dia 4/11, às 19h30
Local: Salão Nobre da FGV – EAESP (bicicletário no local)
Rua Itapeva, 432, 4º andar (Metrô Trianon-Masp)
Entrada livre e vagas limitadas
Informações pelo e-mail: mobilize@mobilize.org.br
Clique aqui para inscrever-se.