Um carro que educa as pessoas

Projetado pelo chinês Rui Gou, o GlideX 2020 é um veículo futurista movido por aceleradores magnéticos embutidos na estrada. Além disso, ele possui uma bateria principal de Lítio-ion na parte de baixo e uma unidade de energia separada na parte traseira: baterias que lhe dão autonomia de 600Km, como um carro elétrico convencional. Sua velocidade máxima seria de 120 Km/h, o limite das rodovias chinesas.

Foi pensando em uma maneira de aliar crescimento econômico com sustentabilidade que Rui Gou criou o carro magnético. Segundo ele, as mudanças necessárias teriam que começar pela educação da população na era dos veículos elétricos, inserindo uma nova mentalidade de carros nas cabeças do maior grupo populacional do mundo. Uma mentalidade que seja eficiente e sustentável, ao invés da petroleira convencional. Isso é possível porque o carro interage física e virtualmente com o motorista e os passageiros, deixando as pessoas entenderem como carros elétricos funcionam e educando as pessoas a dirigi-los de forma eficiente.

A ideia é que o Glidex seja custeado pelo governo, montadoras e patrocinadores resultando em um preço simbólico para o usuário final. Por enquanto a ideia é usar o veículo como teste, aplicando em uma plataforma de aprendizado por algumas semanas que os motoristas usariam em estradas experimentais.