Veículos poluentes serão multados no centro de Lisboa

Avenida da Liberdade, Lisboa (Foto: Tudor Sabin Topoleanu)

Portugal tem se destacado frente a outros países da Europa em termos de preocupação com a qualidade do ar de seus cidadãos, especialmente com políticas de incentivo ao uso de veículos elétricos. Esta semana, entrou em vigor na capital Lisboa mais uma medida que protege o meio ambiente das emissões dos veículos.

Oficialmente a partir desta segunda-feira (04/07), veículos sem catalisador não poderão mais circular pelo eixo da Av. da Liberdade até a Baixa na cidade lusa. A medida faz parte da primeira fase de implementação da Zona de Emissões Reduzidas (ZER), que pretende diminuir em 50% o nível de emissões de poluentes na região, segundo informou o vereador Nunes da Silva.

A restrição vale, das 8h às 20h, para os veículos a motor que não cumprem a norma de emissões EURO I, ou seja, carros fabricados até julho de 1992 que não instalaram o sistema de catalisação. Os motoristas que descumprirem a medida serão multados por fiscais encarregados, especificamente, pelo monitoramento da nova medida. Mas, nesta fase inicial, a ZER admitirá algumas exceções, como a transportes públicos, veículos de emergência ou pertencentes a pessoas com mobilidade reduzida, residentes e comerciantes da região.

A nova norma faz parte do Plano de Melhoria da Qualidade do Ar na Região de Lisboa e Vale do Tejo (PMQA-LVT), válido na região metropolitana de Lisboa Norte e Sul além de Setúbal, áreas onde foram registrados altos níveis de poluição do ar. Assim que os motoristas estiverem habituados com a restrição nas zonas de alta circulação da cidade, o governo local pretende estender a medida a todo perímetro de Lisboa até janeiro de 2012, entrando na segunda fase do Plano.

O projeto é que, em 2014, chegue-se à terceira e última fase, na qual serão adotadas normas de emissão de poluentes mais restritivas e que melhorem, expressivamente, a qualidade do ar de todos os lisboenses.

Fonte: Público /Ecosfera