Santiago em alerta por causa dos altos níveis de poluição

Santiago, Chile (Foto: Jorge Gobbi)

A poluição atmosférica da capital do Chile atingiu índices preocupantes, fazendo a prefeitura decretar estado de pré-emergência ambiental nesta segunda-feira (27/06). As estações de monitoramento do ar registraram níveis de poluição de 300 a 500 microgramas por metro cúbico de partículas perigosas à saúde, ultrapassando em 10 vezes o nível considerado aceitável pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de 50 microgramas por metro cúbico.

A decisão restringe a circulação de 20% dos veículos em todo perímetro de Santiago, o que corresponde a cerca de 310 mil carros a menos nas ruas. Também cerca de 800 indústrias foram paralisadas pela medida, no intuito de recuperar a qualidade do ar que está prejudicada, também, pela falta de chuvas na região. Além do fechamento das fábricas, a população está ciente de que não deve utilizar calefação a lenha ou biomassa até nova orientação do governo local.

Fonte: National Geographic Brasil