Vídeo chama a atenção para displicência de ciclistas, pedestres e motoristas em NY

Quando pensamos em acidentes de trânsito, logo os associamos aos carros. Porém, não se pode esquecer que a responsabilidade nas ruas não cabe só aos motoristas. Pedestres e ciclistas também precisam estar atentos às sinalizações e tomar algumas precauções, caso contrário podem causar acidentes fatais.

Exatamente por isso Ron Gabriel, um estudante da SVA (School of Visual Arts) de Nova York, resolveu criar uma campanha para ilustrar a importância da conduta de cada um para garantir a segurança no trânsito. O projeto, batizado de NYC Goes Three Ways, virou a tese de mestrado do estudante que gravou a movimentação urbana em um cruzamento da cidade em um dia comum.

O vídeo, filmado do topo de um prédio, mostra situações reais de alto risco entre carros, bicicletas e pedestres que se movimentam com displicência. Muitos ciclistas cruzam as vias de um lado para o outro sem se preocupar com o semáforo, quase atropelando algumas pessoas. Os veículos chegam muito perto de colidirem, em muitas situações, e ameaçam pedestres – que também não se preocupam muito em esperar o melhor momento de arriscar a travessia.

Segundo o autor da tese e realizador do vídeo, 4 pessoas morrem ou sofrem lesões graves no trânsito de Nova York todos os dias. Destes incidentes, 74% acontecem em cruzamentos iguais a este mostrado no vídeo, que são mais de 12.370, de acordo com Gabriel.

Muitas pessoas criticaram o projeto do designer, alegando que o estudo ainda tem pouco material de análise, que Nova York tem um trânsito seguro, e que não se poderia generalizar. Para além do debate, o vídeo mostra um ângulo privilegiado e faz o alerta para a importante reflexão: no trânsito, a responsabilidade é de todos sempre.