São Paulo ganhará faixas exclusivas para bikes um dia útil por mês

Ciclofaixa de São Paulo (Foto: Carlos Alkmin)

Durante o C40 São Paulo Summit, realizado na última semana, o prefeito Gilberto Kassab anunciou uma decisão que vai facilitar, um pouco, a vida de milhares de pessoas que utilizam a bicicleta na capital paulista. Faixas compartilhadas serão liberadas para o tráfego de bicicletas, em algumas vias da cidade, um dia útil por mês. A medida parece pequena frente aos grandes problemas de tráfego e poluição da cidade, mas representa um passo importante em direção à preocupação com a qualidade de vida dos paulistanos.

Hoje cerca de 250 mil pessoas utilizam a bicicleta como meio de transporte, diariamente, em São Paulo, segundo estimativas de ONG’s especializadas. Destes, 70% usam a bike para se deslocar até o trabalho, de acordo com uma pesquisa realizada no ano passado pelo Metrô da capital paulista.

Toda a circulação desses milhares de ciclistas acontece, especialmente, por meio dos 37,5 km de ciclovias já existentes na cidade.  Os percursos estão distribuídos entre vias estratégicas de circulação como a Avenida Brigadeiro Faria Lima, Avenida Sumaré, Estrada da Colônia, Radial Leste, nas margens do Rio Pinheiros e da Adutora Rio Claro, em São Mateus, na Zona Leste.

Ciclofaixa verde

Aos domingos e feriados, entre 7h e 16h, os paulistanos ganham mais 45 km de faixas exclusivas para circularem com suas bicicletas num percurso agradável e com menos poluição, passando pelos principais parques da cidade. A Ciclofaixa é sinalizada por meio de cones dispostos nas ruas e avenidas e percorre os parques das Bicicletas, do Ibirapuera, do Povo, Villa-Lobos e o Futuro Parque Clube do Chuvisco – passando pelas zonas sul, leste e oeste.